sábado, 6 de abril de 2013

10 distúrbios do sono que transformam qualquer sonho em pesadelo



10 distúrbios do sono que transformam qualquer sonho em pesadelo

É difícil para você para adormecer ou permanecer dormindo durante a noite? Você acorda se sentindo cansado ou se sente muito sonolento durante o dia, mesmo que você tenha dormido o suficiente? Você pode ter um distúrbio do sono. Os tipos mais comuns são.
Confira 10 transtornos que fazem a noite de pessoas da vida real ser pior do que as de filme:

1) DISTÚRBIO DO PESADELO

Provavelmente todo mundo já teve pelo menos um pesadelo na vida. Mas quando o pesadelo passa do simples aborrecimento ocasional para o terror de quase todas as noites, seu problema pode ser transtorno de pesadelo. Pessoas com transtorno de pesadelo acordam frequentemente em um suor frio, com memórias vivas de sonhos horríveis. Tais pessoas podem temer o sono. Entretanto, estresse e a privação do sono são as principais causas de pesadelos, assim como alguns medicamentos. Em casos graves, aconselhamento ou sedativos podem ser necessários para aliviar a ansiedade subjacente aos sonhos ruins.

2) SONAMBULISMO

15% dos adultos ocasionalmente levantam-se e andam durante seu sono. Em crianças, esse número é ainda maior. Ninguém sabe o que faz de alguém um sonâmbulo, mas o estresse e distúrbios do sono são muitas vezes fatores, assim como a genética: parentes próximos de sonâmbulos têm 10 vezes mais chances de serem sonâmbulos que a população geral. Os sonâmbulos muitas vezes navegam com facilidade e são capazes de abrir portas e mover mobílias. Acordar um sonâmbulo não lhes fará mal nenhum, mas o sonambulismo em si pode ser perigoso. Um estudo de 2003 concluiu que 19% dos adultos sonâmbulos se feriram durante suas incursões noturnas. A queda é o maior perigo, por isso, especialistas recomendam que as pessoas com sonâmbulos em casa sejam cuidadosos e atentos.

3) SÍNDROME DA CABEÇA EXPLOSIVA

Apesar do nome, esse transtorno não envolve nenhuma real explosão. O distúrbio ocorre durante o início do sono profundo, quando a pessoa é acordada subitamente por um barulho agudo muito alto. Estes ruídos variam de pratos quebrando a explosivos. A pessoa ouve as explosões como se elas originassem ao lado ou dentro de sua própria cabeça. Não há dor envolvida, ou perigo. Os médicos não sabem o que provoca a síndrome, mas sabem que não é associada com qualquer doença grave.

4) ALUCINAÇÕES SONOLENTAS

Ver coisas estranhas nos sonhos é normal, mas e quando não estamos sonhando? As alucinações hipnagógicas ocorrem durante a transição da vigília para o sono (logo após a nossa cabeça bater no travesseiro). E as alucinações hipnopômpicas ocorrem durante o processo de despertar. As pessoas relatam ouvir vozes, sentir sensações fantasmas e ver pessoas ou objetos estranhos em seus quartos, bem como insetos ou animais rastejando nas paredes. Alucinações relacionadas ao sono são mais comuns em pessoas com narcolepsia. Enquanto a visitação ocasional fantasmática não é nada para se preocupar, se as alucinações forem acompanhadas por sonolência diurna e perda do controle muscular, os especialistas recomendam que se consulte um médico.

5) TERROR NOTURNO

Gritos frenéticos e pânico: o terror noturno ganhou esse nome por justa causa. Ao contrário dos pesadelos, que surgem durante o sono REM, os terrores noturnos ocorrem durante o sono não-REM, geralmente no início da noite. Eles são mais comuns em crianças. A pessoa no meio de um terror pode, de repente, sentar-se ereto, olhos abertos, embora não esteja realmente acordada. A pessoa muitas vezes grita e não pode ser despertada ou consolada. Em alguns casos, o terror noturno se mistura com sonambulismo. Pais já relataram crianças vagando pela casa em um estado de pânico. Após 10 ou 15 minutos, a pessoa geralmente volta ao sono, e a maioria não lembra sobre o episódio na manhã seguinte. A causa do terror noturno é um mistério, mas sono, febre irregular e estresse podem desencadeá-lo. Felizmente, os terrores geralmente desaparecem com a idade.

6) PARALISIA DO SONO

Durante o sono REM, músculos voluntários do corpo tornam-se imóveis. Essa paralisia temporária impede as pessoas de agir. Às vezes, porém, a paralisia persiste mesmo depois que a pessoa acorda. Pior ainda, a paralisia do sono muitas vezes coincide com alucinações. Um estudo de 1999 constatou que 75% dos estudantes universitários que tinham experimentado paralisia do sono relataram alucinações simultâneas. E as alucinações, quando ocorrem com a paralisia, não são nenhum parque de diversões. As pessoas comumente relatam sentir uma presença maligna, juntamente com um sentimento de ser esmagado ou sufocado. Isso tem criado lendas por todo o mundo, desde fantasma e demônios pressionando e prendendo as pessoas até episódios alienígenas que podem ser explicados pela paralisia.

7) TRANSTORNO DO COMPORTAMENTO DO SONO REM

O distúrbio do comportamento do sono REM ocorre quando o cérebro não dá devidamente o sinal para o corpo ficar parado durante o sono REM. Quando isso acontece, as pessoas “atuam” seus sonhos. Elas podem gritar, socar e chutar, e até mesmo sair da cama e correr ao redor. Quando despertam, elas geralmente se lembram dos seus sonhos, mas não de se mover. Dada a violência dessas explosões, acidentes são comuns. O transtorno do comportamento do sono REM ocorre com mais frequência entre idosos, e pode ser um sintoma do mal de Parkinson, uma doença neurológica degenerativa. Os médicos costumam tratar o distúrbio com medicamentos que reduzem o sono REM e relaxam o corpo.

8 ) SÍNDROME DA ALIMENTAÇÃO NOTURNA

O que acontece quando você se esforça para não comer nada acordado, mas enche a pança quando está dormindo? Pessoas com distúrbios alimentares relacionados ao sono costumam comer à noite, apenas para acordar na manhã seguinte com pouca ou nenhuma lembrança do evento. Alguns correm riscos picando ingredientes ou ligando o fogão. Outros comem comida crua, como alimentos congelados ou manteiga. O transtorno é pouco compreendido, mas, como o sonambulismo, ocorre durante o sono não-REM. Drogas que aumentam a dopamina, um neurotransmissor associado à recompensa e prazer, podem ajudar a parar o lanche noturno inconsciente.

9) SONAMBULISMO SEXUAL

Descrito pela primeira vez em um estudo de caso de 1996, o sonambulismo sexual pode variar de irritante (altos gemidos sexuais) a masturbação autodestrutiva e crimes (agressão sexual ou estupro). Em pelo menos cinco casos controversos, homens têm sido absolvidos da acusação de agressão sexual argumentando que eles estavam dormindo durante o ataque. A maioria das pesquisas sobre sonambulismo sexual envolveu estudos de caso de pequeno porte. O maior estudo, uma pesquisa com 219 pessoas que disseram que sentiram o sexo durante o sono, é limitado por se basear em auto-relatos. Mesmo assim, o estudo sugeriu que privação do sono, estresse, álcool, drogas e contato físico com um parceiro desempenham um papel na doença, ainda que ninguém saiba por que algumas pessoas respondem a estes eventos com comportamento sexual.

10) INSÔNIA

A insônia, ou incapacidade de adormecer, pode causar irritabilidade e falta de concentração durante o dia. A privação do sono a longo prazo pode ser perigosa. Ela tem sido associada com obesidade, pressão alta e ataques cardíacos, entre outros sintomas desagradáveis. A condução sonolenta causa mais de 100 mil acidentes de carro e 1.550 mortes a cada ano. Se você ficou com medo dos outros 9 itens dessa lista, pense que pelo menos você estava dormindo. A boa notícia é: a maioria dos transtornos responde a tratamentos, e ter um não significa que você está louco. Não há uma resposta freudiana para a resolução destes problemas; existe uma razão fisiológica para os distúrbios, e procurar um médico é uma maneira simples de resolver seu incômodo.

O seu médico irá diagnosticar a insônia com base em seus históricos médicos e de sono e um exame físico. Ele ou ela também pode recomendar um estudo do sono. Um estudo do sono mede o quão bem você dorme e como seu corpo responde a problemas de sono. Os tratamentos incluem mudanças de estilo de vida, aconselhamento e medicamentos. [LiveScience]


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será exibido em alguns instantes.